31 de jan 2018

Padre missionário diagnosticado com malária morre em hospital de Uberaba

O padre missionário Reginaldo Veríssimo, de 49 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (31), em Uberaba, em decorrência de malária. Ele estava internado no Hospital Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM), que confirmou o óbito pela doença.

Inicialmente, o padre foi internado no Hospital Frei Gabriel, Frutal – cidade natal dele – com dores de cabeça e febre. Devido ao agravamento do quadro, ele foi transferido para o HC-UFTM, onde teve entrada por volta das 19h30 desta terça-feira (30).

“Exames realizados pelo Núcleo de Vigilância Epidemiológica do HC comprovam que o paciente estava com malária. Segundo o Núcleo, o estágio avançado dos sintomas indica que o contágio ocorreu em viagem recente do paciente à Angola”, diz a nota do hospital.

No Facebook, a página da paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Frutal, lamentou a morte do padre.

A Congregação Rogacionista, a qual Reginaldo fazia parte, também lamentou o óbito do padre e informou que ele é missionário em Angola, mas estava de férias em Frutal, na casa de familiares.

“Chegou em São Paulo no dia 16 último. Sentindo-se febril no dia 26, procurou atendimento no hospital local. Após alguns dias, foi diagnosticada a malária. Houve agravamento dos rins e fígado e o religioso, na tarde de ontem, dia 30, foi transferido para o Hospital Escola de Uberaba (MG), cidade maior. Infelizmente Pe. Reginaldo não suportou o tratamento, vindo à óbito neste dia 31 de janeiro. Neste dia da Festa do Nome Santíssimo de Jesus para a Família do Rogate, Pe. Reginaldo partiu aos braços do Pai, no descanso eterno. Sua simplicidade, alegria e testemunho continuarão a refletir em nossas vidas”, informou a Congregação.

Fonte: g1.globo.com

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Required fields are marked *

*